Mudando e Adaptando!

facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

ima

Lendo uma reportagem a respeito de uma professora, com mestrado e doutorado em Administração, que abriu e fechou uma empresa em poucos meses, me fez refletir sobre mudanças. No texto, ela comenta as situações difíceis que passou, o sócio que pediu para sair, novos sócios que entraram e, infelizmente, o fim da empresa. Agora, ela estuda o que aconteceu, aponta as falhas e o que poderia ter feito de diferente, o que ela poderia ter mudado.

 

Sobre esse tema, sempre me cito como exemplo. Quando decidi encarar o desafio de ter uma empresa própria, meu primeiro dia de trabalho foi assim: e agora, como devo fazer? Pois, o que eu precisava fazer, e acredito que farei sempre, era prospectar, apresentar ao mercado minha empresa. Antes, eu não costumava utilizar o telefone como ferramenta de trabalho, nunca precisei vender nada através dele. Mas, agora, a situação era diferente e eu precisava mudar: mudar minha postura, minhas ideias e minhas crenças. Ouve-se tanto que vender por telefone é complicado, difícil, ninguém quer atender. Posso afirmar que nada é uma regra, mudando e adaptando é possível termos sucesso em nossas atitudes.

 

As empresas não são as mesmas de 20 ou 2 anos atrás, as relações mudaram, as atividades também. Se antes os cálculos eram no Excel, agora são em um programa totalmente novo e completo. Se antes as pessoas eram selecionadas levando em consideração o currículo e a entrevista, agora levam-se em conta também as redes sociais. É uma tarefa bem ardilosa enxergarmos o que precisamos mudar e realmente mudarmos. Imaginem a situação da professora, que passou anos estudando a teoria e na hora da prática, precisava agir diferente daquilo tudo. Eu, que precisei desenvolver o meu lado “comercial” e vender meu peixe para o mercado. A mudança é necessária e benéfica.

 

Esteja aberto ao novo, às mudanças, desapegue-se das crenças limitantes. O sucesso está sempre ao nosso lado, de vez em quando ele está disfarçado de oportunidade :)

Deixe uma resposta